N

os últimos anos, a alimentação natural para cães e gatos tem ficado cada vez mais em evidência. É frequente a procura dos tutores pelo serviço de consultoria nutricional para os seus animais.

Necessidades anatômicas e biológicas

Antes de tudo, vamos lembrar um pouco sobre a fisiologia digestória de cães e gatos.

Os cães são carnívoros adaptáveis ou oportunistas: quando ingerem frutas, vegetais ou carboidratos, conseguem absorver parcialmente os nutrientes desses alimentos. Já os gatos domésticos são o que chamamos de carnívoros estrictos, pois seu organismo só consegue absorver proteína de origem animal.

Nem a dentição nem as enzimas digestivas dos cães e gatos são adequadas para a quebra desse excesso de carboidrato que é oferecido no alimento comercial, a ração.

Afinal, o que é a alimentação natural para cães e gatos?

Alimentação natural nada mais é do que ofertar ao cão ou gato uma dieta bioapropriada para a sua espécie. Assim, os nutrientes são absorvidos da maneira mais eficiente possível, promovendo saúde e qualidade de vida.

A alimentação natural está dividida em várias categorias. Dentre as mais comuns, estão:

- Alimentação natural cozida
- Alimentação natural crua sem ossos
- Alimentação natural crua com ossos

Vantagens e desvantagens

A alimentação natural para cães e gatos tem como principais vantagens:

- Palatabilidade, já que o animal tem mais interesse na refeição devido aos sabores variados
- Cheiro agradável
- Personalização de acordo com todas as comorbidades e necessidades individuais
- Fezes em menor quantidade e menos fétidas
- Ausência de conservantes, aditivos e corantes, além de mais umidade quando comparada à ração. A alimentação natural tem cerca de 70% de umidade, enquanto as rações têm cerca de 12%

Lista-se como desvantagens:
- Custo, que geralmente é um pouco mais elevado quando comparado à oferta de ração
- Organização
- Preparo de tempos em tempos
- Mais gula em alguns animais


Posso oferecer alimentação natural por conta própria?

Cada tipo de alimentação citada acima tem suas indicações. Por isso, somente um médico veterinário capacitado poderá definir a melhor opção e os melhores alimentos a serem ofertados ao paciente.

É muito importante que o plano alimentar seja elaborado por um profissional qualificado, pois vários pontos são considerados no momento da definição de uma dieta bioapropriada. Considera-se peso ideal, raça, se é castrado ou não, idade, se tem ou não doenças presentes e nível de atividade física. 

O plano alimentar de cães e gatos é composto de proteínas, vísceras, vísceras musculares, carboidratos, vegetais, óleos, ervas e otimização de vitaminas e minerais. Dessa forma, volto a frisar a importância de que a dieta seja elaborada por um profissional capacitado.

Alimentação natural causa déficit nutricional?

Atualmente, o argumento mais utilizado por profissionais que não são da área de nutrição - e também por algumas pessoas que não dominam o assunto - é aterrorizar o responsável pelo animal que procura uma alternativa alimentar mais saudável para o seu pet. A justificativa tende a ser a de que o pet apresentará déficit nutricional quando ingerir a alimentação natural. Isso é mito!

Como eu sempre ressalto, a alimentação natural é para qualquer cão ou gato, mas não é para qualquer tutor. Se o animal tem um tutor responsável e que busca ajuda profissional, não há riscos de deficiências. 

Para refletir

Nos últimos 10 anos, a nível mundial, os casos de diabetes mellitus em cães aumentou cerca de 900%. Um a cada 2 cães morre de câncer, e a obesidade tanto em cães quanto em gatos aumentou 60%.

Será que isso tem alguma relação com o estilo alimentar dos nossos animais? Você sabia que o excesso de carboidratos causa inflamação no organismo e sobrecarga pancreática?

A maioria das rações possuem em sua composição uma quantidade excessiva de carboidratos simples, grãos transgênicos (principalmente o trigo, que possui o glúten como proteína inflamatória), aditivos e conservantes com alto potencial prejudicial, além da perda significativa de vitaminas e minerais durante o ultraprocessamento a que são submetidas.

Sem contar que, oferecendo apenas a ração, estamos instituindo uma monodieta. Com dieta única e sem variação, não conseguiremos obter uma microbiota intestinal com toda a sua potencialidade, o que é algo extremamente necessário para a promoção da saúde em nossos animais.

A alimentação natural para cães e gatos é algo sério! Resto de comida não é alimentação natural.

Alimentação natural dispensa rótulos, você vê o que oferece ao seu peludo.

Alimentação natural é longevidade, é qualidade de vida e variação!

Texto de Ludmila Félix Vieira de Almeida - CRMV 14948 / Tel: (31)98315-1992 - Atendimentos nutricionais online ou presencial na clínica Vethealing, em Belo Horizonte.


Para te ajudar com os cuidados do seu pet, faça seu  cadastro na Guiavet. Nós te ajudamos a lembrar de datas importantes de vacinação e medicação contra parasitas por meio de e-mail e SMS. É rápido, prático e totalmente gratuito! 

Postado em
June 24, 2022
na categoria
Alimentação

Mais artigos em:

Alimentação

ver todos