U

m grande brincalhão desajeitado. É assim que, muitas vezes, é descrito o Bulldog Inglês. Essa raça de cachorro popular em vários países ficou conhecida pelo seu companheirismo e calma, sendo ótimo animal de estimação. Se você tem interesse em saber mais sobre as características gerais, saúde e curiosidades sobre o Bulldogs inglês, continue nesse blogpost!

Origem do Bulldog Inglês

Como já diz o nome, a origem do Bulldog Inglês é da Inglaterra, por volta do século 18, quando eram utilizados em lutas com touros, conhecidas como bull-baiting. Tal atração foi proibida no país no ano de 1835, quase acarretando a extinção da raça. 

Em 1860, ela voltou a ser popular no país devido às famosas exposições de cães da época. No mesmo momento, o Bulldog Inglês sofreu modificações físicas, ficando um pouco mais baixo e com focinho mais curto,  o que pode ter acontecido após cruzamentos com a raça Pug. 

O Bulldog Inglês foi o primeiro Bulldog conhecido, e alguns pesquisadores acreditam que seja descendente dos Mastifs, da Ásia. A partir do Bulldog inglês, foram desenvolvidos outros tipos de Bulldog, o Francês, o menor Bulldog e o Americano. 

Características gerais do  Bulldog Inglês

Características físicas Bulldog Inglês

O Bulldog Inglês possui características físicas marcantes: são cães de porte médio e parecem estar sempre de mau-humor, com suas dobrinhas por todo corpo e bochechas caídas. Quando olhamos os animais dessa raça, o que mais chama a atenção é seu crânio grande e sua mandíbula prognata, deixando amostra alguns dentinhos mesmo de boca fechada. 

Geralmente, são cães musculosos, principalmente na região do tórax, com pescoço grosso e curto, e patas grandes. A pelagem desses cachorros é uniforme, curta e em vários tons de marrom, branco e preto. 

Qual a diferença do Bulldog Inglês e Francês? 

As características físicas dessas raças são bem distintas. A primeira delas é que o Inglês é um cão de porte médio, chegando a 40 cm de altura, enquanto o francês é bem menor.  Além disso, as orelhas são distintas:   as do Inglês são pequenas e caídas. Já as do Francês são grandes e sempre eretas. 

Personalidade do Bulldog Inglês

O Bulldog Inglês costuma ser um cão tranquilo e até preguiçoso, principalmente quando fica mais velho. O comportamento inativo, muitas vezes, favorece o sobrepeso, podendo chegar até a obesidade.

São cães de temperamento calmo e dócil, contudo a socialização e o adestramento devem fazer parte da sua educação, pois podem tornar-se agressivos com outros cães e até com humanos desconhecidos em virtude do ciúme e possessividade pelos seus humanos. 

Apesar do tamanho, são cães muito criados em apartamentos devido a sua baixa necessidade de exercícios e menor frequência de latidos.  

Saúde Bulldog Inglês

Os cuidados com a saúde desses cachorros, e de qualquer outro, deve ter início quando são filhotes. A imunização é a principal ação profilática para manter seu amigo sempre saudável. 

O início da vacinação dos cães é realizada por volta de 6 a 8 semanas de vida, ou até antes, dependendo da indicação veterinária. Há doses consecutivas, que variam conforme o protocolo utilizado, além da revacinação, que deve ser anual e em datas precisas, já que o atraso ou a não aplicação das doses de reforço interrompem a proteção disponibilizada pela vacina. 

Outra medida muito importante é a vermifugação. A escolha do melhor vermífugo pode ser feita com a ajuda de um médico veterinário, que irá orientar sobre a dose e o tempo de repetição do medicamento, que pode ser a cada 3 ou 6 meses e até 1 ano. 

A visita ao médico veterinário deve ser algo rotineiro para os Bulldogs Ingleses, oferecendo todas as ações profiláticas citadas, além de promover a socialização do Bulldog com outras pessoas, facilitando tratamentos futuros e acompanhamento de doenças que são comuns nos cães dessa raça.

Quais são os problemas mais comuns do Bulldog inglês? 

Síndrome braquicefálica: o Bulldog Inglês apresenta uma característica cranial conhecida como crânio braquicefálico: seu focinho é bastante curto, fazendo com que suas  funções sejam prejudicadas, como a respiração e a termorregulação. Eles também podem apresentar anomalias dentárias e oftálmicas.  

A síndrome braquicefálica corresponde a um conjunto de alterações que culminam na maior resistência à passagem de ar pelas vias aéreas caninas, reduzindo a oxigenação. As principais alterações que podem ser encontradas são narinas estenosadas - com pequena passagem de ar -, prolongamento do palato mole - estrutura presente no céu da boca que, em maior tamanho, prejudica a passagem de ar - e hipoplasia traqueal, que é o estreitamento da traqueia, reduzindo ainda mais a passagem de ar. 

Os principais sintomas apresentados são ronco, respiração ofegante, hipertermia, intolerância ao exercício e vômito. A consulta veterinária é essencial para o diagnóstico e prescrição do melhor tratamento, que costuma ser cirúrgico. 

Alterações oftálmicas: os Bulldogs também possuem certa predisposição para o desenvolvimento de algumas doenças nos olhos, como a catarata, que gera opacidade dos olhos, prejudicando a visão, e úlceras de córnea. Muitas vezes, essas alterações são secundárias a outros problemas oftálmicos preexistentes.  

Dermatites: as doenças de pele também são frequentes nos cães dessa raça, provenientes de alergias de origens distintas. Cães com alergia desenvolvem o hábito de se coçar constantemente, causando queda de pelo e ferimentos, que podem virar infecções de pele, entre outros agravamentos. 

Cuidados com o Bulldog Inglês 

Além dos cuidados com a saúde que já foram citados, os Bulldogs Ingleses necessitam de cuidados constantes com a higiene e escovação dos dentes. A escovação dos pelos é necessária, contudo em pouca frequência, já que esse cão não costuma soltar muitos pelos.  Os que possuem problemas de pele e estão em fase de troca de pelos podem precisar da escovação em maior quantidade. Os banhos também são necessários, mas  você deve tomar cuidado com as dobrinhas da pele, que devem ser muito bem secas após molhadas, evitando infecções de pele.  A limpeza dos olhos e orelhas também pode ser necessária, com produtos próprios para cada área, evitando artigos de uso humano, como cotonetes. 

Curiosidades do Bulldog Inglês 

O Bulldog Inglês é um dos queridinhos da TV, sendo retratado em vários personagens, como o Spike do desenho Tom e Jerry, de quem o gato está sempre apanhando. Na animação, são marcantes suas características físicas: ombros musculosos, bochechas caídas e dentes caninos à mostra devido ao maxilar achatado. 

Gostou de conhecer  mais sobre o Bulldog Inglês? Quer saber mais sobre seu cachorrinho e receber ajuda nos cuidados com a saúde dele? Faça seu cadastro! Nós te lembramos de datas importantes de vacinação e medicação contra parasitas por e-mail e SMS. É rápido, prático e totalmente gratuito! 

Bibliografia usada para criar o guia de raças sobre os Bulldogs Ingleses

Cataratas em cães 

Cachorros braquicefálicos

Postado em
September 12, 2022
na categoria
Raças

Mais artigos em:

Raças

ver todos