V

ocê já se perguntou se deve castrar gato ou cachorro? Ou se a castração é um procedimento benéfico ou maléfico para o animal? Todas essas são dúvidas normais de qualquer tutor. O mais importante é pensar na saúde e bem-estar do seu bichinho. Continue lendo e veja a importância de castrar gato e cachorro!

O que é a castração?

A castração é um procedimento cirúrgico em que são retirados os órgãos reprodutores dos animais. Nas fêmeas, útero e ovários são removidos e, nos machos, os testículos. As técnicas são chamadas de ovariosalpingohisterectomia (OSH) e orquiectomia (OQ), respectivamente, e devem ser feitas somente pelo médico veterinário. Outros procedimentos que também esterilizam os animais incluem a vasectomia, nos machos, e a laqueadura nas fêmeas, mas são bem menos realizados no país. 

A castração é um procedimento de baixo risco, e os bichinhos não sofrem. A anestesia geral é aplicada antes da cirurgia e, no pós-cirúrgico, são prescritos analgésicos, Portanto, desde que você siga as instruções do seu médico veterinário de maneira adequada, os pets vão ficar bem.

Vantagens de castrar gato e cachorro

Além de amenizar ou suprimir o comportamento de acasalamento na maioria dos cães e gatos, a esterilização também pode prevenir alguns tipos de câncer e acarretar algumas mudanças comportamentais. Quando se recuperam totalmente, os animais tendem a ficar mais calmos e menos inclinados a fugir e marcar território (o que é excelente e significa que, finalmente, vão parar de fazer xixi em todos os lugares). 

É recomendado o fornecimento de ração específica para animais castrados, já que o alimento é formulado considerando as novas necessidades do animal, com menor teor calórico. E lembre-se: após o período de recuperação, é recomendado que seu animal se exercite regularmente.  

A prevenção do câncer de mama é outro  benefícios muito citados sobre a castração. Segundo pesquisadores, o procedimento é muito efetivo na redução da incidência do câncer em fêmeas castradas antes do primeiro cio, por volta dos 6 meses. Além disso, a castração também evita o surgimento do câncer de forma indireta ao substituir medicamentos contraceptivos, compostos por uma alta concentração de hormônios sintéticos, responsáveis pelo surgimento do câncer e outras enfermidades reprodutivas. Apesar da proibição, esse tipo de fármaco é muito utilizado por tutores desinformados, por ser de fácil acesso e baixo custo. 

Além dos benefícios já citados, a castração também atua na prevenção de piometra e outras infecções uterinas, cistos, gravidez psicológica (pseudocieses), prolapso vaginal e uterino, torção do cordão espermático e doenças sexualmente transmissíveis, como o Tumor Venéreo Transmissível (TVT).

Quando e por que castrar gato ou cachorro

A castração é indicada após o animal atingir sua maturidade sexual, o que ocorre a partir dos 5 meses. O controle populacional de animais é um dos principais benefícios, já que  evita a procriação, especialmente nos animais em situação de rua.  O procedimento também está fortemente relacionado à redução da transmissão de doenças entre os pets e doenças zoonóticas, transmissíveis para os seres humanos. 

A castração também proporciona melhora nos comportamentos sexuais indesejados, como a monta em objetos ou em animais, redução da agressividade e marcação de território.

Após a castração, é possível observar a redução do metabolismo e alteração da saciedade, resultando no maior consumo de alimentos, o que pode provocar o desenvolvimento de obesidade. Se realizada antes do indicado, também podem ocorrer atrasos no desenvolvimento corporal, fraturas ósseas, genitália infantil e incontinência urinária, em especial em fêmeas, resultando em vaginites.

Mas os riscos são mínimos caso você siga as orientações do médico veterinário.  O mais importante é pensar na saúde do seu animal . Nós, da Guiavet, recomendamos castrar gato e cachorro.

O que devo saber sobre pré e pós-castração de gato ou cachorro

Antes de marcar a cirurgia, o médico veterinário deve solicitar alguns exames, como hemograma completo, perfil renal e hepático e eletrocardiograma, dentre outros que se façam necessários para garantir a segurança do procedimento. Após os resultados, você pode agendar a cirurgia.  O animal deve permaner em jejum por cerca de 8 horas antes.

Depois de tudo dito e feito, alguns cuidados pós-operatórios são: 

  • Quando for buscá-lo, compre uma roupinha cirúrgica, que impede que o seu animal de estimação lamba ou tente retirar os pontos com os dentes.
  • Informe-se com os profissionais sobre como tratar a ferida nos próximos dias. Siga atentamente as recomendações! 
  • Ofereça um local de repouso confortável e mantenha água e comida por perto para evitar qualquer esforço desnecessário.
  • Entre 7 e 10 dias, eles devem estar 100%!

Como mencionamos anteriormente, além dos benefícios de prevenção de doenças e mudanças positivas no comportamento, a castração evita que você tenha filhotinhos indesejados. Vale lembrar que, no Brasil, o problema de animais abandonados e negligenciados é ainda uma grande questão. 

Faça seu cadastro! Nós te lembramos de datas importantes de vacinação e medicação contra parasitas por e-mail e SMS. É rápido, prático e totalmente gratuito!

Fontes desse blogpost, foram:

Castrar gato ou cachorro

Controle populacional de animais

Postado em
July 19, 2022
na categoria
Saúde

Mais artigos em:

Saúde

ver todos