"M

inha gata não para de miar!”, “Estão aparecendo gatos de todos os lados”, “Minha gatinha está muito dengosa” - esses são alguns acontecimentos que você pode estar passando agora. Tudo isso faz parte do cio da gata. Hoje vamos entender um pouco mais sobre esse período que sua gatinha passa.


Quando tudo começa


As gatinhas podem entrar na puberdade a partir dos 4 meses de idade, podendo começar até 12 meses de idade, dependendo também do peso (2-2,5kg). A gata é poliéstrica estacional. Isso significa que em períodos com maior incidência de luz (primavera e verão) elas vão ciclar. A luz impede que a melatonina seja produzida e foi estudado que esse hormônio interfere no ciclo estral da gata. Entretanto, no Brasil, as estações não são tão bem definidas, tendo grande incidência solar, por isso as gatas ciclam praticamente o ano inteiro.


As fases do ciclo estral 


Diferente das cadelas, a gata apresenta mais alterações comportamentais (discorremos mais sobre esse assunto no nosso blog aqui). E assim como nas cadelas, a gata apresenta fases do ciclo estral, com algumas diferenças:

  • Proestro e estro → a fase inicial, onde a gata vai começar a apresentar as alterações de comportamento ocorre praticamente junto com a fase fértil e aceitação do macho, conhecida como cio propriamente dito, durando em torno de 2-19 dias.
  • Diestro → diferente da cadela que, independente se houve fecundação ou não, vai ter um tempo de manutenção de gestação, a gata fica menos tempo nessa fase quando não tem gestação (por volta de 40 dias), e quando emprenha fica um pouco mais (por volta de 60 dias).
  • Anestro → podendo durar entre 30-90 dias, por fim a gata entra no período entre as outras fases.
  • Inter-estro → a gata pode apresentar essa fase logo após o anestro ou após o diestro sem gestação, diminuindo o período entre os ciclos estrais; essa fase dura entre 8-10 dias.


Curiosidade sobre as gatas: durante o estro ou cio, a ovulação vai acontecer apenas após uma estimulação dolorosa, ou seja, é necessário que a mucosa vaginal seja lesionada para a gara liberar o ovócito. Por causa disso os gatos machos possuem espículas no pênis. Por isso você pode ouvir a gata gritando durante a cruza, porque ela está sendo ferida.

Informações importantes


Se você quer que sua gata dê cria, evite fazer isso no primeiro cio. A maioria das fêmeas ainda não está totalmente preparada fisicamente para passar por uma gestação. Não significa que ela terá problemas no primeiro cio, mas todo cuidado é importante.


Se você não quer que a sua gatinha tenha filhotes, mas ela tem acesso à rua ou convive com outros machos, faça a castração, depois do primeiro cio e antes do segundo cio. Antes disso pode acontecer má formação da genitália externa, involução do epitélio vaginal, diminuição do tamanho da vulva e maior predisposição a infecções como vaginites, justamente porque para se desenvolver, ela precisa dos hormônios. 


Ainda ficou com alguma dúvida sobre todo o ciclo estral da sua gatinha? Cadastre ela aqui e nos envie uma mensagem!

Postado em
February 16, 2022
na categoria
Saúde

Mais artigos em:

Saúde

ver todos