Q

Quando há mudanças em nossas vidas, é natural nos sentirmos inseguros ou ansiosos. E isso é verdade tanto para humanos quanto para cães. Imagine por um segundo como deve ser a sensação de não ter ideia de quando você poderá sair de casa, se divertir ou até mesmo comer. É assim que nosso amigo peludo se sente quando há mudanças repentinas em sua vida cotidiana. Mas então, como cuidar de um cachorro nesse momento?

Seu peludo pode ter alguns comportamentos como uivos, latidos, marcação de urina em locais inadequados, destruição de móveis ou até mesmo automutilação. Tudo para chamar sua atenção e tentar demonstrar que está extremamente tenso, especialmente se não pode sair para passear ou se sente solitário.

Quando falamos dessa rotina, falamos também sobre como cuidar de um cachorro, com simples comportamentos que o deixarão mais feliz e tranquilo. Continue lendo e veja cada um deles: 

1. Exercícios físicos

Essa é uma das coisas mais importantes. Se não fizerem exercício, os cães não comem nem dormem muito bem. Por isso, é muito importante encontrar pelo menos uma hora por dia para isso. O exercício físico também colabora para atenuar os sintomas de ansiedade. Então, se você puder misturar tempo de jogos e exercícios, vai ajudar muito no bem-estar e saúde do seu pet. 

2. Comida

Os cachorros devem ser alimentados quantas vezes o veterinário recomendar, com uma ração de qualidade. No entanto, você deve estabelecer uma rotina e cumprir com os horários das refeições. Assim, o seu cachorro vai saber quando esperar pela comida e entender qual a rotina da casa, ajudando nos sintomas de ansiedade, por exemplo. 

3. Qualidade do sono

É normal que os cães cochilam durante o dia, mas principalmente quando o sol se põe, devemos garantir que eles tenham um espaço seguro para dormir sem interrupções. O local deve ser confortável, sem barulho, bem quentinho e aconchegante.  

4. Cuidados essenciais

O tempo de qualidade com o seu melhor amigo é fundamental para o equilíbrio emocional e, consequentemente, para a saúde. Então, abrace, acaricie e brinque com ele. Ofereça uma boa alimentação, mantenha uma rotina regular de exercícios e deixe sempre disponível água fresca e limpa. A vida do seu pet depende de você, dê o seu melhor! 

5. Higiene 

Manter limpo o local que seu cachorro frequenta é um dos pontos mais importantes sobre como cuidar de um cachorro. Eles merecem um ambiente limpo, saudável e feliz, para viver uma vida plena e tranquila. 

6. Faça sessões de treinamento

É muito importante que o seu cachorro entenda os limites. Se você quiser ensinar um comando, comportamento ou até mesmo que ele fique sozinho em casa, faça sessões de treinamentos diários com o método do reforço positivo, até que ele aprenda. Se você puder, contrate um profissional de confiança, pois será um processo muito mais fácil. 

7. Cuidados veterinários frequentes

O acompanhamento médico veterinário do seu cachorro é fundamental para a vida dele. Assim como os humanos, os cães também precisam fazer visitas frequentes ao veterinário para garantir a qualidade de vida. Lembre-se: a prevenção é sempre o melhor remédio

8. Castração

A castração é indicada quando os pets atingem maturidade sexual. Ela ajuda no controle populacional e reduz a transmissão de doenças. Além disso, melhora uma série de comportamentos, como: montar em cima de objetos, agressividade, marcação de território etc. 

9. Calendário de vacinação

Manter o calendário de vacinação atualizado é um dos tópicos mais importantes quando falamos sobre como cuidar de um cachorro, além dos vermífugos e remédios contra pulgas e carrapatos. Aqui na Guiavet, você pode fazer seu cadastro gratuitamente, e nós te ajudamos a lembrar das datas mais importantes para seu pet. 

Se você já tem um peludo ou está pensando em adotar um, é importante saber que eles precisam de cuidados. Aqui, oferecemos algumas dicas primordiais sobre como cuidar de um cachorro. A partir delas, você deve pensar em uma programação realista que possa cumprir. 

As mudanças também podem ser agradáveis, certo? Dê-lhes algum tempo para se ajustarem e logo você perceberá como seu amigo ficará mais calmo, feliz e disciplinado. Lembre-se sempre de contatar um veterinário de confiança para te ajudar em qualquer questão. 

Postado em
na categoria
Bem-estar

Mais artigos em:

Bem-estar

ver todos