O

Dogo Argentino possui uma carinha séria, e muitos buscam nessa raça um cão de guarda, e ele é... mas também é uma raça amigável e gentil.

 Entenda no post de hoje um pouco sobre eles!


Qual sua origem?

Originária da província de Córdoba, região mediterrânea da República Argentina, a raça foi criada em 1920 pelos irmãos Martinez, resultado do cruzamento entre vários

cães de caça, como: boxer, mastiff, e  pointer. Foram muito utilizados em combates com cães e em caças.


Características gerais

É um cão de porte grande, atlético, musculoso,  e  ágil,  sua mandíbula foi especialmente projetada para capturar e segurar com firmeza, possui uma pelagem uniforme,

curta, lisa, com um comprimento aproximado de 1,5cm a 2cm. A cor do pet  é  integralmente branca. Com uma mancha escura no crânio, a mesma pode estar situada

também em uma de suas orelhas ou ao redor de um dos olhos. 

Tamanho (altura na cernelha)

Machos: 60 a 68 cm   

Fêmeas : 60 a 65 cm

Altura ideal

Machos: 64 a 65 cm.

Fêmeas : 62 a 64 cm

Peso aproximado

Machos: 40 a 45 kg

Fêmeas: 40 a 43 kg

Personalidade e temperamento

Criado adequadamente – sem que o tutor estimule comportamentos agressivos – é um cachorro bastante amigável, gentil e alegre. Possui uma personalidade forte,

independente e acima de tudo é valente. Quando filhote, tem que ser socializado desde cedo com outros cães e animais para poder ter uma convivência tranquila.

Esse cão não é recomendado para apartamentos, ele precisa de espaço, inclusive o exercício diário é importante para manter a raça fisicamente e mentalmente estimulado, ele também  precisa de um proprietário que seja confiante e capaz de afirmar sua autoridade como líder! 

O dogo argentino possui predisposição para os seguintes problemas de saúde:

  • Surdez congênita.
  • Problemas de pele como, por exemplo, alergias e  sensibilidade ao sol, os pets com pelagem branca requerem um cuidado especial.
  • Displasia coxofemoral: é uma doença  caracterizada por alterações nas articulações coxofemorais que pode causar manqueira, dor e dificuldade para o pet realizar atividades básicas do dia a dia. Cachorros de grande porte  possuem predisposição.
  • Hipotiroidismo:  é doença endócrina caracterizada pela baixa produção de hormônios da tireoide.
Postado em
November 8, 2021
na categoria
Raças

Mais artigos em:

Raças

ver todos