O

s gatos costumam se coçar de vez em quando e isso não quer dizer nada, porém quando a coceira começa se tornar mais frequente e mais intensa se torna um indicativo de que algo não vai muito bem com a saúde do felino!



Mas o que pode causar tanta coceira no meu felino?


Presença de pulga e carrapato:

pulgas e carrapatos no felino também são comuns, e se tornam um perigo para saúde deles. É importante lembrar de que além de causar uma simples coceira, esses parasitas podem transmitir doenças para os felinos. Os pets podem desenvolver quadro de anemia e outras doenças. Além disso, os parasitas podem causar um dermatite alérgica devido a sua picada, conhecida como DAPE, essa condição causa uma coceira muito intensa, feridas e até mesmo queda de pelos. Para prevenir a coceira excessiva e as doenças que esses parasitas podem trazer, existem vários produtos no mercado que combatem a proliferação de carrapatos e pulgas, consulte um médico veterinário e fique sabendo qual o melhor produto para o seu felino.


Presença de fungos no felino:

uma doença de pele que ocorre muito em felinos é a micose ocasionada por fungos. A micose é bastante contagiosa e é considerada uma zoonose, ou seja transmissível aos humanos. As áreas mais afetadas costumam ser a orelha e o focinho, mas podem ocorrer também em outras partes do corpo do felino. Além do prurido(coceira) em graus variados ou até mesmo ausente, há alopecia focal ou generalizada, descamação da pele, pelo opaco e quebradiço. O tratamento se baseia em um tratamento com antifúngicos tópicos e sistêmicos, além do controle ambiental. É importante ressaltar que a ida ao veterinário é realmente indispensável uma vez que as dermatopatias podem se manifestar com lesões bastantes similares entre si e o tratamento inadequado sem o acompanhamento de um médico veterinário poderá agravar o quadro do animal! Não se deve medicar o animal por conta própria!


Alergia Alimentar:

a alimentação é uma importante chave para manter um animal saudável, mas alguns felinos podem apresentar intolerância assim como os humanos a certos ingredientes presentes na ração. A reação mais comum dessa intolerância é a coceira excessiva, a vermelhidão na pele e a queda de pelo, outros sintomas também podem estar presentes como: vômito, diarreia e problemas respiratórios. O alimento que causa a intolerância deve ser detectado e retirado da alimentação, e após o diagnóstico o animal precisa ter o acompanhamento de um veterinário especializado em nutrição.


Sarna de ouvido:

a sarna otodécica também é um dos principais motivos que o gato apresenta coceira, ela é causada por um ácaro e a transmissão ocorre principalmente de um animal infectado com um saudável. Podemos notar além do prurido um odor ruim, secreção , excesso de cera amarronzada ou avermelhadas e incômodo. O tutor deve levar o seu pet ao médico veterinário caso haja alguma suspeita para obter o diagnóstico correto e iniciar o tratamento suporte adequado.


Podem haver outras causas?


Sim, podem haver outras causas, inclusive doenças autoimunes, porém com tantas causas aparentes, precisamos ter um diagnóstico definitivo para que nosso pet melhore, então se seu felino está com uma coceira excessiva é necessário que ele passe por uma consulta.

gif


Atenção tutor!

Diversos problemas podem estar por trás da coceira excessiva do seu animalzinho e a melhor coisa a se fazer nessa situação é levar seu animalzinho para uma consulta, o médico veterinário  irá unir o histórico clínico do animal ao exame clínico minucioso e a exames complementares, com o intuito de descobrir a causa dessa coceira excessiva e iniciar um tratamento adequado para a situação. Cuide de seu amigo felino!


Postado em
July 1, 2021
na categoria
Saúde

Mais artigos em:

Saúde

ver todos