A

limpeza dos dentes dos cães, seja através de escovação ou outra forma, como a utilização de gaze embebida com um antisséptico apropriado (quando se inicia o aparecimento das placas bacterianas), deve ser feita com regularidade para que o pet se acostume e tenha confiança nesse tipo de manipulação, sempre como um momento agradável. O ideal e recomendado seria diariamente, ou o maior número de vezes na semana. Esse tipo de cuidado vai retardar o acúmulo de placa bacteriana/tártaro. Porém, em determinada época,  que varia individualmente, vai ser necessária a profilaxia oral/tartarectomia, feita sob anestesia geral, pelo médico veterinário.

Se o seu cão está com esse cheiro desagradável na boca, inspecione todos os dentes. Certamente vai constatar a presença de tártaro. Outros fatores podem também fazer com que o hálito fique ruim, como tipo de alimentação, problemas de estômago, dentre outros.

Parta do mais simples, que é a presença de tártaro. A limpeza é fundamental para manutenção da saúde do pet, não só a saúde bucal, mas previne por exemplo, complicações cardíacas e renais.

Postado em
March 9, 2021
na categoria
Saúde

Mais artigos em:

Saúde

ver todos