V

ocê já deve ter se deparado com olhos brilhantes à espreita em uma noite ou lugar muito escuro ao jogar alguma luz em direção ao seu pet. Isso ocorre tanto em cães quanto em gatos. Você quer saber o porquê isso ocorre? É só continuar lendo.

Tapetum lucidum e a luz

O olho de alguns animais, em especial os caçadores, é formado pelas seguintes estruturas:

  • Córnea - membrana que recobre a parte de fora do olho;
  • Esclera - parte branca do olho;
  • Câmara anterior - possui o humor aquoso que ajuda na passagem da luz
  • Íris - parte colorida do olho;
  • Pupila - como se fosse um buraco para que a luz entre dentro dos olhos, quando tem muita luz fica contraída, bem pequena, mas quando tem pouca luz fica dilatada;
  • Cristalino ou Lente - ajuda a focar a imagem;
  • Corpo ciliar - sustenta o cristalino (lente);
  • Câmara posterior - produz humor aquoso;
  • Coróide - supre a retina com nutrientes necessários;
  • Retina -  formada por cones, bastonetes para captação da luz;
  • Corpo vítreo - espécie de gel que sustenta a retina;
  • Nervo óptico - envia o que a retina capta para o cérebro produzir a imagem;
  • Músculos - atuam na movimentação do olho;
  • Tapetum lucidum - traduzido como tapete brilhante, é uma camada entre retina e nervo óptico que atua como um espelho.

Para captar uma imagem é necessário luz. O caminho que a luz faz no nosso olho para conseguirmos enxergar é: luz toca o objeto e reflete, essa reflexão atravessa a córnea, a íris, a pupila, a lente, chega na retina que passa a informação pro nervo óptico até chegar no cérebro. Isso acontece em qualquer ser vivo. O papel do Tapetum lucidum é refletir a luz captada de volta para os fotorreceptores na retina, ajudando a enxergar melhor, principalmente em ambientes escuros. 

Por isso, de noite, quando você vê dois olhinhos brilhantes te encarando, é nada mais que a reflexão que o Tapetum lucidum faz dentro do olho dos cães e dos gatos. Essa membrana faz a luz captada se multiplicar 50 vezes mais.

Brilho de cores diferentes

É muito provável que você já tenha reparado que nem todos os olhos brilhantes são da mesma cor. Você já pode ter visto azul, verde, vermelho (vasos sanguíneos), alaranjado. Isso acontece por alguns motivos:

  • Idade → em animais mais velhos as camadas dos olhos vão se tornando mais densas; e em filhotes normalmente é azul pois as estruturas ainda não amadureceram.
  • Raça → CÃES: 45% dos Golden Retriver brilham um verde limão, Schnauzer miniatura brilha azul turquesa, Husky não possui Tapetum lucidum, entã o brilho é vermelho; GATOS: no geral o brilho é um verde intenso, mas no Siamês tende para o amarelo.
  • Espécie → olhos de gato tendem a brilhar mais que olhos de cães.
  • Riboflavina e zinco -> dependendo da quantidade de cada pigmento na retina altera a cor.
  • Fenótipo → gatos de pelagem clara o brilho é azulado.
  • Tipo da luz.
  • Ângulo.

Cães e gatos possuem muitas peculiaridades bastante interessantes. Aprender sobre elas só nos ajuda a melhorarmos nossos cuidados com eles.

Pensando em cuidar da saúde da sua pet, nós podemos te ajudar no controle das datas de vermífugos, vacinas, anti pulgas/carrapatos. E o melhor: é gratuito! Cadastre o seu pet e nos envie uma mensagem!

Postado em
March 31, 2022
na categoria
Notícias e Curiosidades

Mais artigos em:

Notícias e Curiosidades

ver todos