Q

uem tem gato se apaixona de imediato, e o que mais você quer é que ele fique muito tempo ao seu lado. Mas pode ser que você já tenha se perguntado: quanto tempo vive um gato? Será que existem coisas que podem ser feitas para aumentar a expectativa de vida deles? Continue sua leitura para saber a resposta dessas perguntas e muito mais sobre seu bichano.

Quantos anos um gato vive

Há muitos fatores que determinam a longevidade de um gato, porém, em média, os bichanos vivem entre 14 e 20 anos. Se você pesquisar mais sobre quanto tempo de vida tem um gato, vai se surpreender ao descobrir que eles podem chegar aos 30 anos ou mais. Sim, isso mesmo que você leu! E existem registros de gatos que viveram muitos anos.

Quem é o gato mais velho do mundo?

Registrada no livro dos recordes, o Guinness Book, a gata mais velha do mundo se chamava Creme Puff, sem raça definida, que viveu de 3 de agosto de 1967 a 6 de agosto de 2005. Ela viveu, exatamente, 38 anos e 3 dias no Texas, nos EUA.

Existem outros gatos que viveram por bastante tempo, como o Grandpa, da raça Sphynx, que morreu aos 34 anos (de 1964 até 1998). Alguns também conseguiram passar dos 30 anos, como Baby (38 anos), Puss (36 anos), Rubbe (31 anos) e Nutmeg (31 anos). 

Qual raça de gato vive mais?

Você já pode ter se perguntado “quanto tempo vive um gato vira-lata?” ou “qual raça de gato vive mais?”. E, sim, a raça pode influenciar em quantos anos um gato vive.

Algumas raças que tendem a viver muito tempo (15 anos ou mais, podendo chegar a 25 anos) são:

  • Azul Russo → com origem na Rússia, esse gato conquista muitos corações pela sua beleza e seu jeito carinhoso de ser;
  • Balinês → reconhecida como uma raça na década de 1950 somente, possui padrão de pelagem como a raça siamês e é muito apegada à família humana;
  • Birman (Gato Sagrado da Birmânia/Burmese) → raça asiática com características peculiares que ama seu tutor;
  • Bombaim → provinda da mistura do Leopardo Asiático e gatos rajados domésticos, essa raça gosta de receber atenção;
  • Manx (Gato Manês) → com uma origem não bem definida, essa raça é muito dócil;
  • Oriental Shorthair → originado na Tailândia, é muito elegante e brincalhão;
  • Persa → com surgimento no antigo Império Persa, a raça é muito dócil e gentil;
  • Ragdoll → vindo dos EUA, tem um comportamento muito semelhante ao dos  cães, recebendo bem treinamentos; 
  • Siamês → com origem na Tailândia, é muito leal e carinhoso;
  • Sphynx → muito conhecido por ser o gato sem pelos, é muito leal e gosta de crianças;
  • Sem raça definida → uma mistura de 2 ou mais raças, os famosos vira-latas têm uma expectativa de vida alta também e, por isso, estão nessa lista.

Quantos anos um gato vive: depende do local que habita 

O local onde o gato vive e passa a maior parte do seu tempo contribui para uma vida longa ou não. Pesquisas mostram  que um animal que costuma ficar fora de casa ou não tem um lar pode viver até 6 anos em média. Já gatos que só ficam dentro de casa podem chegar a 17 anos ou mais. 

Gatos indoor: este termo é utilizado para gatos que vivem apenas dentro de casa. Felinos que conseguem manter uma boa rotina livre de estresse e ansiedade, com fácil acesso ao alimento, podem descansar bem e brincar. Esses fatores permitem que vivam por mais tempo. Além disso, fica mais fácil para você perceber qualquer alteração no comportamento que possa indicar algum problema. 

Os gatos que vivem dentro de casa costumam receber assistência veterinária mais rápido, o que é decisivo na vida dos pets. 

Gatos outdoor: é o gato que tem uma casa, mas faz os seus passeios pela vizinhança. Mesmo pensando que isso faz bem para bichano, na verdade você está permitindo que ele seja exposto a vários perigos, como mais chances de contrair doenças, brigar com outros animais, sofrer acidentes ou maus-tratos, ter infestação de pulgas, ser envenenado, entre outros.

Gatos de rua: ao pensar quanto tempo vive um gato de rua, lembre-se de que os problemas que o gato outdoor enfrenta são duplicados para aqueles que não têm lar  nem ninguém para cuidar deles. A saúde fica mais fragilizada por passar por adversidades climáticas, sem nutrição adequada e com riscos diversos. Alguns não conseguem chegar nem a 3 anos de idade, infelizmente.

Qual a idade que o gato é considerado velho?

Ao abordar o assunto de quantos anos um gato vive, é muito importante conhecer todas as fases de vida desses animais para entender suas necessidades e como cuidar desses animaizinhos fofos.

De 0 a 12 meses, os gatos ainda são considerados filhotes. Nessa fase, são muito frágeis em imunidade e precisam de muita energia para crescerem e se desenvolverem adequadamente. Após essa fase, viram gatos adultos, uma fase mais tranquila em relação à imunidade e necessidades nutricionais. Essa etapa dura em torno de 1 a 7 anos.

Oito anos:  essa é a idade que o gato é considerado velho. Nessa fase, já passam a ficar mais calmos e são mais frágeis. As doenças passam a aparecer com maior frequência, e é importante visitar um veterinário com ainda mais frequência. 

Cuidados importantes para uma vida saudável do seu gato 

Com alguns cuidados, é possível fazer com que o seu gato tenha uma vida mais saudável e feliz.  Algumas dicas de ouro são: 

Alimentação equilibrada: cada fase da vida dos bichanos exige um tipo de alimentação diferente. Filhotes não podem comer ração de adultos e vice-versa, principalmente devido à quantidade energética que cada um necessita. O mesmo vale para gatos mais velhos, que precisam de um alimento que os ajude nas condições de vida deles. Optando pelo alimento processado ou uma alimentação natural, sempre tenha um acompanhamento de um veterinário.

Exercício físico: manter seu felino em movimento por meio de brincadeiras ajuda a melhorar a qualidade de vida deles, evitando o sedentarismo e a obesidade, que podem ter diversas consequências negativas para a saúde do seu amigo.

Gatos sempre dentro de casa: pode parecer algo muito difícil, mas quando você investe no  enriquecimento ambiental (brinquedos, arranhadores, playground na parede etc), deixando a casa o mais atrativa e interessante possível para os gatos, eles conseguem viver muito bem, felizes e, o mais importante, fora dos riscos que a rua pode trazer. 

Acompanhamento veterinário frequente: o veterinário é o profissional apto a cuidar da saúde do seu pet e vai:

1) Aplicar vacinas desde filhote para proteger seu animalzinho de doenças;

2) Orientar a respeito de vermífugos e controle de pulgas;

3) Realizar exames de rotina fazendo check-ups regularmente, principalmente em gatos idosos - quanto antes descobrir uma doença, maiores as chances do gato se recuperar;

4) Tratar doenças.

E aí? Vamos cuidar da saúde do seu gato? A Guiavet oferece ajuda para lembrar de datas importantes de vacinação e medicação contra parasitas, além de contato com médicos veterinários. Faça seu cadastro! É rápido e prático! 

Para um conhecimento mais aprofundado sobre gatos, você pode dar uma olhada nesses sites:

Postado em
na categoria
Saúde

Mais artigos em:

Saúde

ver todos