O

s tutores estão acostumados com uma vida rodeada de sinais de alegria pela casa. Os pets, na maioria das vezes, esbanjam carinho, felicidade e companheirismo no dia-a-dia. No entanto, essa alegria de ter um animal em casa pode ser comprometida caso o seu bichinho não esteja bem

Notar que os pets estão doentes não é uma tarefa tão fácil. Muitas vezes, por um instinto de sobrevivência ou independência, nossos cães e gatos tendem a não demonstrar desconforto caso estejam passando por uma doença ou problema de saúde nas fases iniciais. Quer identificar melhor os sinais que o seu pet não está bem? Confira esse post.

Meu pet está doente, e agora?


Muitas vezes, o papel do tutor é antecipar possíveis problemas de saúde de seus pets para que eles não sofram com um diagnóstico tardio. Como comentamos aqui em cima, é comum que os animais tenham um comportamento de mascarar um pouco os seus sintomas iniciais, tornando o diagnóstico preventivo muito desafiador. 


Infelizmente, podem acontecer casos em que o animal não demonstre sinais de que está doente e isso poderá levar a complicações. O ideal é manter as consultas ao médico veterinário sempre em dia para ajudar a monitorar a saúde dos pets e evitar surpresas que podem arriscar, inclusive, a vida do seu peludo.


Também é importante que os tutores fiquem sempre alertas para alterações de comportamento e humor. Quer saber como identificar o bem-estar do seu companheiro de 4 patas? Confira 5 sinais que o seu pet não está bem.


5 sinais que o seu pet corre não está bem


Quando um animal está doente, os sintomas podem variar de acordo com o diagnóstico, a raça, o porte e uma série de outros fatores. No entanto, alguns sintomas são comuns e podem te ajudar a identificar a saúde do seu pet.


1) Pouca disposição


Geralmente nossos pets são cheios de energia, né? Mas quando estão doentes o cenário é outro: apatia, pouca disposição, dificuldade de locomoção e até desinteresse em atividades que antes eram rotineiras passam a fazer parte do dia-a-dia do seu animal.


De início, tente convidá-lo para brincar, fazer um passeio ou até mesmo incentivá-lo a caminhar pela casa. Se não tiver uma resposta positiva, observe se esse comportamento irá perdurar para agir antes que o estado de saúde do seu pet se complique.


2) Alterações alimentares


É muito comum que os cães e gatos, ao passarem por uma doença, fiquem sem apetite. O seu pet passará a comer menos e, em alguns casos, até se recusará a se alimentar. Como esse desinteresse não é comum, atente-se caso o sintoma venha acompanhado de algum outro, pois pode ser o início de uma doença.


Caso você tenha feito uma alteração na dieta do seu pet recentemente, investigue junto a um veterinário sobre as dificuldades em oferecer a ração, já que isso pode levar, dentre outros problemas, à perda de peso


3) Alterações nas fezes e na urina


Observe se o seu pet está fazendo cocô e xixi normalmente. No caso das fezes, algumas vezes quadros de diarreia são comuns devido à alimentação. Você deve se atentar caso ela perdure por mais de 48 horas, ok? A diarreia pode indicar, além de problemas relacionados à alimentação, a presença de vermes, inflamações, e infecções por vírus como a parvovirose.


No caso da urina, as alterações na consistência, cor e odor podem ser sinônimo de problemas renais. Saiba mais sobre a doença aqui.


4) Vômitos e náuseas


Os vômitos e as náuseas também são indicativos que a saúde do seu pet pode não estar tão legal. Observe se os vômitos estão acontecendo com muita frequência e também o seu aspecto: se está escuro, se contém sangue ou até mesmo se o seu pet tenta vomitar e não consegue


Saiba mais sobre os riscos de vômitos e diarreia em cães e gatos.


5) Alterações no comportamento


Os tutores conhecem bem a personalidade de seus pets. Alguns são mais agitados, outros são mais introspectivos: os cães e gatos se expressam de formas diferentes no cotidiano. Por isso, é sempre bom observar caso o seu pet não esteja se comportando como ele mesmo. Isso pode ser o primeiro sinal de que algo não está bem!



Caso identifique algum dos sinais acima é hora de procurar ajuda! Lembramos que levar o seu pet às consultas com um veterinário sempre é a melhor opção para prevenir e tratar de qualquer doença.


Para encerrar esse post, além de identificarmos os sinais que indicam uma possível fragilidade na saúde dos nossos pets, também é muito importante entendermos os seus sinais de felicidade, certo? Então vem com a gente.


Tem alguma outra dúvida sobre a saúde do seu pet? Manda pra gente!

Postado em
November 3, 2021
na categoria
Comportamento

Mais artigos em:

Comportamento

ver todos