O


s felinos estão se tornando pets cada vez mais populares por serem animais mais independentes, silenciosos e por não precisarem de muito espaço, ideais para quem mora em apartamentos. Entenda no post de hoje sobre essa síndrome muito comum no universo felino!


Os gatinhos possuem o instinto e a habilidade de caçar presas, ao verem um passarinho ou inseto voando, os felinos  podem pular para capturar a presa sem hesitar, mesmo que seja de uma sacada ou uma janela.  As quedas acidentais também podem ocorrer apesar do felino ter um bom equilíbrio.


A síndrome do gato paraquedista, é o termo usado para descrever o conjunto de lesões que os felinos apresentam quando caem de grandes alturas como: janelas e sacadas acima do segundo andar. Os felinos ao pularem de grandes alturas tendem a rotacionar seu corpo para corrigir a postura, afastando os membros como se fossem um paraquedista planando, a fim de minimizar as lesões, pois o impacto é distribuído pelo corpo. Ironicamente quanto mais curta a altura da queda menor é a chance do gato conseguir rotacionar seu corpo, ocasionando lesões até mais graves!



As lesões

A tríade de lesões que caracterizam essa síndrome são: fratura de palato duro, epistaxe e pneumotórax. Porém os sinais clínicos associados com a queda de grandes alturas não se limitam só a esses sintomas podendo haver fraturas múltiplas de membros e outras lesões de face.


Primeiro socorros

Uma queda sempre pode significar algo sério e grave, então leve o felino imediatamente no veterinário, mesmo que o pet não apresente lesões visíveis, ele precisa passar por uma avaliação minuciosa até mesmo para descartar lesões internas.


Atenção, tutor!


Coloque telas de proteção nas janelas e sacadas, enriqueça o ambiente da sua casa com brinquedos e distrações para seu felino, assim você mantem um gatinho feliz e menos interessado no ambiente externo!

Postado em
July 14, 2021
na categoria
Saúde

Mais artigos em:

Saúde

ver todos