"

Bom dia!! Tenho 2 cadelas, 1 porte grande (30kg) e a outra porte pequeno (pinscher e cofap misturada) pesa uns 4kg. As duas tem 4 anos. Moro em apto, a grande espera pra fazer xixi e cocô fora de casa, a pequena não espera mais, já estou ficando desesperada! Desde pequena ensinei a fazer no lugar certo, no tapetinho, mas ela faz 1 vez no tapetinho e 10 por toda a casa, e há umas 2 semanas ela não fez mais no tapetinho, ela faz por todo o canto do meu quarto, no meio da sala, em cima ou no chão da cozinha... é desesperador, o cocô do mesmo jeito.

Também assim fazemos carinho e ela já não quer mais,  morde fica furiosa só de a gente passar na frente da cama dela ou se ela está em cima da nossa cama. Me dê uma luz por favor estou ficando desesperada, não sei mais o que fazer. Pode me ajudar? Muito obrigada."



Uma das questões que mais incomoda os tutores é o xixi e cocô fora do lugar! Seja filhote ou adulto, o processo de aprendizado dos cães em relação a este tema é o mesmo, e envolve paciência, tranquilidade, dedicação e supervisão! Um cão que acerta o xixi e cocô no lugar determinado, mas erra em grande parte das vezes, significa APENAS que ele ainda não completou este processo de aprendizado. Em outras palavras, este cão ainda não sabe que “tem um lugar certo para fazer o xixi e cocô” e que por isso, os tutores precisam dar continuidade ao treinamento até que ele aprenda!


Vamos então às dicas:


1. Superfície


Escolha uma superfície de “banheiro” para seu cão: jornais, tapetes higiênicos, tablados ou grama sintética.


2. Ambiente:

É importante facilitar o acerto, para isso colocamos alguns pontos de “banheiro” pela casa: área de serviço, sala, varanda, sala de TV – coloque jornal (ou a superfície da sua escolha) em cada ambiente que o cão circule ou permaneça muito tempo. Não se preocupe, pois estes pontos “extras” não ficarão espalhados pela casa por muito tempo e poderemos retirar assim que o cão aprender o local correto de fazer suas necessidades!


3. Cheiros

Os “banheiros” devem estar sempre limpos e secos, então supervisione estas áreas! Cada cão tem um limite, mas nunca deixe o jornal ou tapetinho cheios de xixi ou cocô.


Retire também os cheiros dos lugares que ele fizer errado.  Após a limpeza, o álcool e vinagre são ótimos para remover estes cheiros.


4. Supervisão

Não deixe seu cão sem supervisão por muito tempo! Incentive-o a ir aos “banheiros” de tempos em tempos (para um filhote de até 5 meses, de 1h em 1hora).


5. Espaços

Se você não ficar em casa o tempo todo, diminua os acessos do cão a algumas áreas da casa para evitar erros. Mas lembre-se de não deixa-lo confinado em pequenos espaços por muito tempo!


6. Reforço positivo

O que vai fazer o cão acertar mais vezes o “banheiro” é o reforço positivo! Selecione um petisco (preferencialmente o que ele mais gosta) e ofereça um pequeno pedaço (do tamanho de um grão de ração) SEMPRE que ele fizer xixi e cocô no local correto! Mas atenção: este prêmio tem que ser oferecido logo no momento do acerto, então deixe os petiscos já partidos, dentro de uma vasilha, perto de cada ponto de “banheiro”. Ah, nesse momento faça muita festinha também!


7. Foco e paciência

Nosso maior erro é focar nos erros dos nossos cães, eles acontecem e fazem parte do aprendizado – quando acontecer, limpe e NUNCA brigue ou castigue seu cão!! Foque nos acertos premiando com petiscos e fazendo muita festa!


8. Tempo

Dê um tempo para o aprendizado acontecer – acompanhe a evolução do seu cão e sempre confira se está fazendo todos os itens deste passo-a-passo!

Postado em
April 7, 2021
na categoria
Comportamento

Mais artigos em:

Comportamento

ver todos