M

uitas vezes não conseguimos resistir quando os cães chegam até nós com aqueles olhos de pidões e acabamos oferecendo o que estamos comendo. Mas isso é o certo? Os pets podem comer qualquer coisa da dieta dos seus tutores? Neste texto, vamos descobrir se o cachorro pode comer tomate. Se você tem essa dúvida, continue a leitura.

Características e nutrientes do tomate

O tomate está muito presente nos nossos alimentos, seja na salada ou em molhos. Na nossa dieta, ele oferece muitos nutrientes. Embora cada tipo do fruto possui um teor nutricional próprio, de uma forma geral, ele é composto de 95% de água, sendo os 5% restantes constituídos por carboidratos e fibras. Vamos entender um pouco melhor sobre o tomate:

Carboidratos → em um tomate cru, existe 4% de carboidratos em sua composição, sendo que 70% deles vêm da glicose e da frutose.

Fibra → pensando em um tomate médio, há 1,5 gramas de fibras compondo os seus nutrientes, sendo que 87% delas são insolúveis, ou seja, não conseguem ser metabolizadas por completo, na forma de celulose, hemicelulose e lignina.

Vitaminas → o tomate é uma boa fonte de várias vitaminas:

1) Vitamina B9: conhecida como folato, essa vitamina do complexo B é muito importante para o crescimento de tecidos e para a função celular, principalmente em grávidas.

2) Vitamina C: é um nutriente essencial e antioxidante; um tomate médio pode fornecer 28% da quantidade de vitamina C diária que deve ser ingerida.

3) Vitamina K1: essa vitamina é conhecida também como filoquinona; ela ajuda na coagulação do sangue e nos ossos.

Minerais → o tomate é uma ótima fonte de minerais também:

1) Potássio: como mineral essencial, o potássio ajuda no controle da pressão arterial e previne doenças cardíacas.

Compostos vegetais → os principais são:

1) Ácido clorogênico: poderoso antioxidante que atua no controle da pressão arterial.

2) Betacaroteno: composto que dá o tom amarelo ou laranja nos alimentos; é um antioxidante e é convertido em vitamina A.

3) Licopeno: composto que dá o pigmento vermelho ao tomate; é um antioxidante. Esse carotenoide é sintetizado depois que a clorofila (que dá a cor verde) é degradada no processo de amadurecimento do fruto. Molho de tomate e ketchup tem muito licopeno - mais do que no tomate fresco.

4) Naringenin: é encontrado na casca e atua na diminuição da inflamação.

Cachorro pode comer tomate?

O tomate é bom na alimentação para os humanos, oferecendo muitos benefícios à saúde, mas o que acontece se cachorro comer tomate? Tomate é permitido ou não?

Sim, cachorro pode comer tomate. Porém, o tutor precisa ter alguns cuidados ao oferecer esse alimento para seu pet. Verifique os benefícios e malefícios do fruto na dieta dos cães:

Tomate mau!

Existem restrições no que diz respeito às partes da planta, quantidade e maturação. Há muitos produtos químicos durante o cultivo do tomate que podem causar problemas à saúde dos cães, inclusive alterações cardíacas. O tomate é um fruto ácido - por isso que quando se faz um molho de tomate, se acrescenta açúcar e bicarbonato de sódio - que pode causar lesões na mucosa do estômago se ingerido em grandes quantidades.

Outro risco que o tomate tem, é a substância solanina (encontrada em toda a família da erva-moura, inclusive na batata). Esse composto está presente nos caules e folhas e é muito tóxico para cães. Ela pode causar: alteração no ritmo cardíaco, convulsões, desconforto gastrointestinal, fraqueza, perda de coordenação motora e tremores. Quanto mais verde o tomate, mais solanina ele apresenta. Por isso, tome cuidado se você possui um pé de tomate na sua horta. Mantenha seu cachorrinho sempre longe.

As sementes podem causar problemas também. Se ingeridas em abundância, é capaz de motivar obstrução intestinal. Outro composto encontrado no tomate verde é o glicoalcalóide. Ele pode causar diarreia, gases e vômitos nos cachorros.

Tomate bom!

O tomate contém vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes que podem ajudar na saúde dos cães, principalmente para os mais velhos (acima de 8 anos de idade), pois os nutrientes, como vitaminas A e do complexo B, auxiliam no fortalecimento do sistema imunológico, prevenindo o surgimento de algumas doenças, além de melhorar a visão e a pele dos caninos. A vitamina C e os lipocarotenos (carotenoide, licopeno e betacaroteno) são antioxidantes que inibem a ação de radicais livres, evitando danos celulares. Tendo uma boa quantidade de água, o tomate mantém os cães hidratados, além de ajudar na prevenção de infecções urinárias.

Como oferecer o tomate?

Você pode dar tomate para cachorro em pouca quantidade, sem as sementes e cortado em pequenos pedaços para que o cão não engasgue. O tomate pode ser usado como um petisco e até como recompensa quando está sendo adestrado, porque cachorro gosta de tomate. Dessa forma, ele vai entender que quando obedece, vai receber algo gostoso pra ele. Não ofereça tomate mais de 3 vezes na semana.

Porém, o seu cachorro ainda pode desenvolver alguns desconfortos gastrointestinais. Então, se o seu pet apresentar os sintomas relatados acima, o recomendado é levar seu cachorrinho a uma clínica veterinária.

Cachorro pode comer tomate cru?

O cachorro pode comer tomate cru, porém a sua digestão pode demorar um pouco mais do que quando cozido, além da acidez mais acentuada com ele in natura. Por isso, o mais indicado é que você cozinhe o tomate antes de ofertar para o cão, lembrando que deve ser oferecido em pequenas quantidades e sem as sementes. Não esqueça de sempre optar pelo tomate maduro.

Cachorro pode comer tomate cereja?

Pequeno e muito gostoso, será que cachorro pode comer tomate cereja? Sim, removendo o caule, folhas e sementes, e garantindo que o fruto esteja maduro. Assim, você evita as toxinas que podem ser encontradas no tomate.

Cachorro pode comer molho de tomate?

O tomate não está presente na nossa dieta apenas como fruto. Dele são derivados molhos, ketchup e sopas. E, sim, o cachorro pode comer molho de tomate. Porém, o recomendado é que seja um molho caseiro e sem tempero, pois o industrializado contém muitos produtos químicos e temperos diversos que podem fazer mal para os cães.

O que é melhor para o cachorro?

Aqui você aprendeu que cachorro pode comer tomate, porém existem muitas restrições para que ele seja oferecido. Se você quer dar o fruto como forma de petisco saudável, saiba que existem legumes e frutas que os cães podem comer sem problemas e com menos restrições.

Caso seu objetivo seja ofertar o tomate como um ingrediente da alimentação natural, peça a orientação de um veterinário antes de introduzi-lo na dieta do seu pet. Os cães precisam de nutrientes (carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais) para se manter saudáveis na quantidade adequada para seu peso, sua rotina e quando possuem algum problema de saúde já diagnosticado.

Ainda podem ser usados rações e petiscos próprios para os cães, os quais são feitos de acordo com as necessidades deles, além de ter identificado no saco de ração a quantidade diária que deve ser oferecida para que o cão não engorde e se mantenha saudável.

A melhor dieta para o seu cachorro, seja uma alimentação completa ou apenas o fornecimento de petiscos, deve sempre ser orientada por médico veterinário, para garantir que seu cachorrinho vai receber todos os nutrientes necessários para uma vida cheia de saúde e bem-estar.

Tem mais alguma dúvida? Saiba que a Guiavet pode te ajudar a cuidar da saúde do seu amigo de quatro patas. Faça seu cadastro e converse com nossos veterinários. A Guiavet está aqui para te ajudar a dar uma vida mais feliz e saudável para o seu cachorro!

Para um conhecimento mais aprofundado sobre o tema, você pode dar uma olhada nesse site:

- Os incríveis benefícios do tomate

Postado em
January 4, 2023
na categoria
Alimentação

Mais artigos em:

Alimentação

ver todos