A

ansiedade por definição é um sentimento de medo e apreensão, alguns cães e gatos sentem esse medo e essa apreensão  de uma forma muito exacerbada quando ficam longe dos seus tutores.


Como saber se meu pet sofre?

Os sinais mais comuns são: latidos e uivos constantes, miados constantes, defecar e urinar fora do local de costume, arranhar portas, morder moveis, recusa a se alimentar, lambeduras em excesso, autoflagelação o cão pode seguir você de um cômodo para outro, pedir muito contato físico e atenção e  até ficar quieto e retraído enquanto você se prepara para sair.


O que fazer para ajudar?

Invista em enriquecimento ambiental, ele é um conjunto de práticas que visa trazer mais qualidade de vida para o seu amigo, deixando o ambiente atrativo para proporcionar alegria e novas experiências! Temos post um que fala detalhadamente sobre  o enriquecimento, leia sobre!


Brinquedos interativos: existem brinquedos que você pode rechear com ração ou algum petisco, eles podem ajudar a manter seu pet entretido enquanto você não está em casa.


Despedidas: evite longas despedidas quando for sair de casa e não faça muita festa quando chegar você chegar.


Passeios: passeie com o pet antes de sair para ele gastar energia e ficar mais calmo.


Simulação: simule que vai sair de casa, por exemplo: coloque os sapatos, arrume a bolsa, e durante isso forneça alguns petiscos e carinhos para que o pet condicione a sua saída a coisas boas!


Florais: os florais são medicinas naturais que podem ajudar a diminuir o estresse e ansiedade do pet.


Atenção, tutor!

Se está difícil para você e para seu melhor amigo procure a ajuda de um veterinário  especializado em comportamento animal!

Postado em
September 15, 2021
na categoria
Comportamento

Mais artigos em:

Comportamento

ver todos