C

omo bons pais e mães de gatos, vocês sabem que a alimentação é um fator muito importante para a saúde dos bichanos. Não fique aflito! A Guiavet está aqui para tirar todas suas dúvidas sobre os tipos de  ração para gato, como qual é a melhor ração para gato, ração para gato castrado e ração para gato idoso? Essas questões e muitas outras vamos falar aqui hoje. Continue a leitura para entender tudo sobre a nutrição dos peludinhos.

Ração de gato

A ração seca é o tipo de alimentação mais usado para os pets. No mercado, existem várias marcas disponíveis, e escolher uma parece ser uma missão muito difícil. Mas não se preocupe, nós vamos te ajudar. Confira algumas dicas para escolher a melhor ração para seu gatinho:

Proteína de qualidade e variedade

Os gatos são carnívoros estritos, ou seja, a ração de gato precisa ter proteínas principalmente de origem animal. Olhando os ingredientes, você consegue ver se a proteína vem de carne processada, farinha de ossos etc. Quando existe mais de uma fonte proteica, colabora para o aumento da palatabilidade, fazendo com que o gato aceite mais a ração.

Fibras e prebióticos

Quando presentes, esses nutrientes colaboram para um bom funcionamento e saúde do intestino.

Ômegas 3 e 6

Esses aminoácidos possuem muitas qualidades! Eles auxiliam no tratamento e prevenção de doenças cardíacas, problemas de pele e articulações, além de terem ação anti-inflamatória.

Baixo índice glicêmico

O carboidrato ingerido gera um índice glicêmico. Quando a ração tem pouco carboidrato, há um nível de açúcar no sangue mais saudável.

Transgênicos, conservantes e corantes artificiais

Esses tipos de produtos não fazem bem à saúde dos gatos, portanto, tente evitá-los.

Todos os itens citados acima são importantes e devem ser seguidos, mas não esqueça de que a melhor ração para gato é a que ele gosta de comer. Então, escolha uma ração para gato  de qualidade e que seu gatinho adore.

Após escolher a melhor ração, você pode sentir dúvidas no quanto você deve colocar no potinho de comida. Para dar a quantidade certa e necessária para seu animal, veja a porção diária que existe atrás da embalagem. Ela indica a fração que deve ser dada de acordo com os valores e porcentagens de cada nutriente presente. 

Você pode se deparar com uma situação em que o cachorro come ração de gato, porém isso não pode se tornar um hábito. A ração para gato é diferente da de cão. A ração de gato possui mais gordura na sua composição, e isso pode causar danos à saúde dos cães futuramente. Então, não deixe que isso vire um hábito!

Ração úmida de gato

Os gatos não costumam beber água com frequência. É algo natural deles, além de preferirem água fresca (por isso, a importância de sempre deixar a vasilha de água limpa e renovar durante o dia). Por causa desse hábito, os gatos tendem a desenvolver problemas urinários.

Para auxiliar na ingestão de água, a ração úmida para gato é uma ótima opção. Principalmente para filhotes que, na adaptação entre leite e ração úmida, apresentam uma certa relutância em beber água.

Já existem sachês com todos os nutrientes e quantidades necessárias para serem servidos como única fonte de alimento, mas eles podem continuar sendo usados apenas como uma porção conjunta com a ração seca. 

Seguem algumas dicas para que você consiga escolher a melhor ração úmida para seu gato:

Proteína de boa qualidade e de sabores variados:

Existem sachês com até 70% de proteína de origem animal. 

Composição rica em vitaminas e minerais:

Essenciais para várias funções do organismo. 

Fibras:

Mantêm o intestino saudável.

Carboidratos:

Evite rações úmidas com altas taxas de carboidrato.

Transgênicos, conservantes e corantes artificiais:

Esses tipos de produtos não fazem bem à saúde dos gatos, portanto, tente evitá-los.

Existe ração para gato idoso?

Cada fase da vida exige um tipo diferente de nutrição devido a todas as mudanças que ocorrem no organismo enquanto os anos passam. Abaixo, descrevemos as rações ideais para cada fase da vida do bichano. Confira: 

Ração para filhote de gato

Após a transição de leite para ração, a partir da oitava semana de vida, os gatinhos já conseguem se alimentar apenas com sólidos. Como estão em fase de crescimento, a ração para filhote de gato precisa oferecer tudo o que o bichano precisa para seu desenvolvimento:

  1. Energia: as proteínas são a principal fonte de energia para os gatos. Um filhote de gato consome, em média, 3,5% mais energia por quilo do que gatos adultos.
  2. Proteína: atua na formação estrutural e recuperação dos tecidos e estruturas do corpo (ossos, músculos, pelos).
  3. Vitaminas: muito importantes para o coração, rins e sistema imunológico. Este último é imprescindível, principalmente porque os filhotes ainda não têm suas defesas.
  4. Aminoácidos: os principais são a taurina e a arginina. Atuam na proteção do organismo.
  5. Minerais: para filhotes, o cálcio e ferro auxiliam muito, fortalecendo os ossos.
  6. Antioxidantes: contribuem na produção de anticorpos.

Até os 12 meses de idade, somente deve ser oferecida ração para filhote de gato, pois ela possui todos os nutrientes na quantidade necessária. As melhores rações para gatos filhotes vão apresentar:

  • Mínimo de 13 tipos de vitaminas disponíveis;
  • Mais de 300g de proteína em 1kg de ração;
  • Em média, 1g de taurina em 1kg de ração;
  • Mais de 5 tipos de minerais.

A frequência que a ração deve ser oferecida depende da idade. Entre 6 e 12 semanas de vida, os gatinhos precisam comer 4 vezes ao dia. Após as 12 semanas de idade, a frequência pode diminuir para 3 vezes. Chegando aos 6 meses de idade, você pode oferecer a ração 2 vezes ao dia.

Ração de gato adulto

A fase adulta é a mais longa dos animais, por isso é preciso bastante atenção na necessidade nutricional para que o seu gatinho tenha uma vida longa e saudável. Nessa fase, os requisitos nutricionais devem ser adequados com a menor atividade física (comparada quando filhote). Nesse momento, ele não precisa de muita energia, só como forma de manutenção.

A semelhança entre a ração de gato adulto e ração para filhote de gato é a necessidade de uma proteína de qualidade (em média, deve ter 30%) e do aminoácido essencial (principalmente a taurina). Tendo semelhanças, você acha que gatos adultos podem comer ração de filhote? A resposta é não. Principalmente devido à quantidade de energia que a ração para gato filhote tem. O gato adulto precisa apenas o suficiente para manutenção.

Ração para gato idoso

Na fase senil, a alimentação também é diferenciada. Com o avanço da idade, é comum o surgimento de algumas doenças e problemas de saúde como obesidade, problemas dentários, insuficiência renal, injúrias no fígado e coração. Por isso, a ração para gato idoso precisa dar suporte metabólico, diminuindo ou eliminando sinais clínicos de doenças, além de manter o peso ideal.

As particularidades desse tipo de ração são a boa digestibilidade, baixo índice glicêmico e enriquecimento de fibras.

Ração para gato de acordo com as necessidades especiais

Ração para gato castrado

As melhores rações para gatos castrados são aquelas que oferecem o valor nutricional necessário para esse etapa da vida, como:

  • Menor fonte energética para que não engordem;
  • Alta taxa de fibras para facilitar a digestão e absorção dos nutrientes;
  • Adição de L-carnitina, que colabora no controle do peso.

Além dos outros nutrientes, esses pontos citados devem ser levados em consideração, pois, após a castração, os gatos tendem a se exercitar menos devido à falta dos hormônios sexuais.

Ração para gato obeso

Com o aumento do peso, podem surgir doenças como diabetes (acúmulo de glicose no sangue e pouca glicose nos órgãos). Por isso, é muito importante cuidar do peso do seu felino. Mesmo que ele pareça fofo pelo excesso de peso, isso pode ser muito perigoso para a saúde dele. Você pode escolher uma ração para gato obeso, bem específica, para evitar ao máximo que seu gatinho desenvolva diabetes. Porém, caso ele fique doente, existem rações também específicas para gatos diabéticos.

Ração para gatos nefropatas

Gatos têm grande probabilidade de desenvolver alguma doença renal. Por isso, quando diagnosticada, é muito importante o fornecimento de uma ração específica para o caso, pois auxilia o organismo do felino a dissolver cálculos renais, controlar o pH e prevenir infecções.

Ração para gato: preço x qualidade

Você pode até se perguntar: “Qual a ração mais barata para gatos?”, mas vou avisando que essa não é a pergunta correta. As rações mais baratas normalmente não compensam, não só pela falta de qualidade, mas porque uma boa nutrição é o que garante uma vida mais saudável aos gatos. Existem 3 tipos de ração para gato: 

Standard

Ração pobre em proteínas de origem animal, normalmente usa grãos de milho e soja como principal fonte de proteína, porém vegetal. A proteína de origem animal que podem ser usadas são provenientes de gordura e farelo de ossos. Todos esses ingredientes são mais baratos, e por isso, essa ração tem custo baixo para os tutores. Mas a qualidade não é a melhor.

Premium

É uma ração para gatos de qualidade intermediária. Na composição, usam proteínas de origem animal, porém costumam ter transgênicos e corantes na composição. É possível encontrar rações premium sem corante. A qualidade e palatabilidade são melhores, fazendo com que o gato precise comer menores quantidades.

Super premium

Essa é a melhor opção, pois utiliza apenas proteínas de origem animal. Tem uma qualidade maior, pois não tem na sua composição transgênicos, corantes ou conservantes artificiais. Possui alta palatabilidade, sendo um alimento atraente e saboroso para os gatos. Mesmo sendo mais cara, essa ração tem alta digestibilidade. Logo, os gatos precisam de poucos gramas por dia para que se sintam satisfeitos, pois conseguem absorver melhor os nutrientes (pela maior qualidade).

Invista no seu gatinho! A melhor ração para gato é aquela que garante uma vida longa, saudável e feliz

E aí? Vamos cuidar da saúde do seu gatinho? Faça seu cadastro! Nós te  lembramos de datas importantes de vacinação e medicação contra parasitas por e-mail e SMS. É rápido, prático e totalmente gratuito! 

Para um conhecimento mais aprofundado sobre a ração para gato, você pode dar uma olhada nesses sites:

Postado em
na categoria
Alimentação

Mais artigos em:

Alimentação

ver todos